#instanced Instagram Photos & Videos

instanced - 719 posts

Latest Instagram Posts

  • vivendoaomaximo - CANNABIS - Blog @vivendoaomaximo 7 months ago
  • INFORMAÇÃO via.- @ganjanews -
Salvee! Esse é o primeiro de uma série de textos que irão abordar de maneira simples a relação Cannabis e Religião, presente nas principais tradições religiosas ao longo da história da humanidade. EP. de hoje: Cristianismo.
.

De acordo com os estudos do historiador canadense Chris Bennett, a  palavra para cannabis na Bíblia Sagrada é kaneh-bosm, também traduzida em hebraico tradicional como kaneh ou kannabus. Esta palavra aparece cinco vezes no Antigo Testamento; nos livros de Êxodo, o Cântico dos Cânticos, Isaías, Jeremias e Ezequiel.
.

É certo que um dos princípios amplamente aceitos da fé cristã é a ideia de que o corpo é um templo do Espírito Santo (Coríntios 6: 19-20). Drogas usadas com o propósito de curar o corpo e aliviar a dor podem ser vistas como uma parte natural do modo de vida cristão.
.

Nesse sentido, assumindo que o óleo descrito em Êxodo na verdade continha altos níveis de cannabis, a dose efetiva dos compostos medicinais da planta certamente seria potente o suficiente para explicar muitos dos milagres de cura atribuídos a Jesus.
.

Tendo isso como um guia, o uso medicinal de canabinóides não-psicoativos (como o CBD) pode ser visto como mais do que aceito pela tradição cristã.
.

E quanto ao uso recreativo? Aqui é útil olhar para uma das drogas psicoativas favoritas do cristianismo: o álcool.
.

O álcool é uma parte tão integral da liturgia cristã que o primeiro milagre registrado de Jesus foi transformar a água em vinho (João 2: 1-11). Até hoje, o vinho continua sendo uma das substâncias mais sagradas do rito cristão e, embora seu abuso seja claramente desaprovado (Efésios 5:18), seu efeito psicoativo e recreacional é celebrado.
.

Nesse sentido, o princípio da ingestão de uma substância psicoativa, como o álcool, para fins de entorpecimento moderado e de celebração, parece ser a chave para o desfrute da "kaneh-bosm" tanto como parte integrante da celebração religiosa, quanto como um intoxicante natural, na tradição cristã.
.

Referências: Bíblia Sagrada | Sex, Drugs, Violence and the Bible | Green Dorphin
Links: https://bit.ly/2erlofp | https://amzn.to/2TjilZb | https://bit.ly/2Rsfqvv INFORMAÇÃO via.- @ganjanews - Salvee! Esse é o primeiro de uma série de textos que irão abordar de maneira simples a relação Cannabis e Religião, presente nas principais tradições religiosas ao longo da história da humanidade. EP. de hoje: Cristianismo. . De acordo com os estudos do historiador canadense Chris Bennett, a  palavra para cannabis na Bíblia Sagrada é kaneh-bosm, também traduzida em hebraico tradicional como kaneh ou kannabus. Esta palavra aparece cinco vezes no Antigo Testamento; nos livros de Êxodo, o Cântico dos Cânticos, Isaías, Jeremias e Ezequiel. . É certo que um dos princípios amplamente aceitos da fé cristã é a ideia de que o corpo é um templo do Espírito Santo (Coríntios 6: 19-20). Drogas usadas com o propósito de curar o corpo e aliviar a dor podem ser vistas como uma parte natural do modo de vida cristão. . Nesse sentido, assumindo que o óleo descrito em Êxodo na verdade continha altos níveis de cannabis, a dose efetiva dos compostos medicinais da planta certamente seria potente o suficiente para explicar muitos dos milagres de cura atribuídos a Jesus. . Tendo isso como um guia, o uso medicinal de canabinóides não-psicoativos (como o CBD) pode ser visto como mais do que aceito pela tradição cristã. . E quanto ao uso recreativo? Aqui é útil olhar para uma das drogas psicoativas favoritas do cristianismo: o álcool. . O álcool é uma parte tão integral da liturgia cristã que o primeiro milagre registrado de Jesus foi transformar a água em vinho (João 2: 1-11). Até hoje, o vinho continua sendo uma das substâncias mais sagradas do rito cristão e, embora seu abuso seja claramente desaprovado (Efésios 5:18), seu efeito psicoativo e recreacional é celebrado. . Nesse sentido, o princípio da ingestão de uma substância psicoativa, como o álcool, para fins de entorpecimento moderado e de celebração, parece ser a chave para o desfrute da "kaneh-bosm" tanto como parte integrante da celebração religiosa, quanto como um intoxicante natural, na tradição cristã. . Referências: Bíblia Sagrada | Sex, Drugs, Violence and the Bible | Green Dorphin Links: https://bit.ly/2erlofp | https://amzn.to/2TjilZb | https://bit.ly/2Rsfqvv
  • INFORMAÇÃO via.- @ganjanews - Salvee! Esse é o primeiro de uma série de textos que irão abordar de maneira simples a relação Cannabis e Religião, presente nas principais tradições religiosas ao longo da história da humanidade. EP. de hoje: Cristianismo. . De acordo com os estudos do historiador canadense Chris Bennett, a  palavra para cannabis na Bíblia Sagrada é kaneh-bosm, também traduzida em hebraico tradicional como kaneh ou kannabus. Esta palavra aparece cinco vezes no Antigo Testamento; nos livros de Êxodo, o Cântico dos Cânticos, Isaías, Jeremias e Ezequiel. . É certo que um dos princípios amplamente aceitos da fé cristã é a ideia de que o corpo é um templo do Espírito Santo (Coríntios 6: 19-20). Drogas usadas com o propósito de curar o corpo e aliviar a dor podem ser vistas como uma parte natural do modo de vida cristão. . Nesse sentido, assumindo que o óleo descrito em Êxodo na verdade continha altos níveis de cannabis, a dose efetiva dos compostos medicinais da planta certamente seria potente o suficiente para explicar muitos dos milagres de cura atribuídos a Jesus. . Tendo isso como um guia, o uso medicinal de canabinóides não-psicoativos (como o CBD) pode ser visto como mais do que aceito pela tradição cristã. . E quanto ao uso recreativo? Aqui é útil olhar para uma das drogas psicoativas favoritas do cristianismo: o álcool. . O álcool é uma parte tão integral da liturgia cristã que o primeiro milagre registrado de Jesus foi transformar a água em vinho (João 2: 1-11). Até hoje, o vinho continua sendo uma das substâncias mais sagradas do rito cristão e, embora seu abuso seja claramente desaprovado (Efésios 5:18), seu efeito psicoativo e recreacional é celebrado. . Nesse sentido, o princípio da ingestão de uma substância psicoativa, como o álcool, para fins de entorpecimento moderado e de celebração, parece ser a chave para o desfrute da "kaneh-bosm" tanto como parte integrante da celebração religiosa, quanto como um intoxicante natural, na tradição cristã. . Referências: Bíblia Sagrada | Sex, Drugs, Violence and the Bible | Green Dorphin Links: https://bit.ly/2erlofp | https://amzn.to/2TjilZb | https://bit.ly/2Rsfqvv
  • 161 4