#literaturabrasileira Instagram Photos & Videos

literaturabrasileira - 330056 posts

Latest Instagram Posts

  • encontrodeleitores - Encontro de Leitores 📖 @encontrodeleitores 34 minutes ago
  • 📖📝 #dicasdoencontro
{I-Juca Pirama de Gonçalves Dias por Silvino}
@peiropolis
⠀
✍🏼 Uma cultura com regras rígidas de conduta. Um conceito de honra a sustentar. Um ritual a cumprir. O fogo. Os tambores. A floresta. O inimigo. A memória. O julgamento. A superação. I-Juca Pirama é um poema de 1851 que contém tudo isso. Um grande clássico do romantismo brasileiro em quadrinhos certeiros de Laerte Silvino.
⠀
🙋🏻‍♀️ Talvez a gente não tenha o costume de ler os clássicos, talvez a gente não leia os autores brasileiros de muito tempo atrás, talvez a gente se afaste cada vez mais da nossa cultura e, consequentemente, da nossa própria história. Em tempos como o que estamos vivendo, é preciso ler sobre os índios, é preciso ler sobre sua luta, sua história, sua tradição e, com alegria digo que editoras como a Peirópolis estão dispostas a não deixar nossa memória morrer (queria que não deixássemos a floresta também) e trouxeram essa adaptação de um pedacinho de quem somos pelas mãos do recifense Silvino. Dar vida depois de tanto tempo a um clássico não é fácil, mas a edição cumpre com maestria o propósito. Hoje lendo a HQ me encontrei não só com os autores, mas com um Brasil habitado por seus verdadeiros moradores, que com muita determinação ainda lutam para manter nosso país, o verdadeiro Brasil, vivo!
Destaque para o último quadrinho dessa HQ, mais atual, infelizmente, impossível.
⠀
🤷🏻‍♀️ E você, já leu esse livro? Vem me contar sua opinião, vem!
⠀
📚 “Parece-me encanto que quem chorou tanto, tivesse a coragem que tinha Tupi.”
⠀
#encontrodeleitores #dicasdeleitura #resenhas #resenhasliterárias #livros #ler #lendo #leitores #literatura #leitura #lido #leituradavez #instalivros #instabooks #bookstagram #Ijucapirama #peiropolis #gonçalvesdias #literaturabrasileira 📖📝 #dicasdoencontro {I-Juca Pirama de Gonçalves Dias por Silvino} @peiropolis ⠀ ✍🏼 Uma cultura com regras rígidas de conduta. Um conceito de honra a sustentar. Um ritual a cumprir. O fogo. Os tambores. A floresta. O inimigo. A memória. O julgamento. A superação. I-Juca Pirama é um poema de 1851 que contém tudo isso. Um grande clássico do romantismo brasileiro em quadrinhos certeiros de Laerte Silvino. ⠀ 🙋🏻‍♀️ Talvez a gente não tenha o costume de ler os clássicos, talvez a gente não leia os autores brasileiros de muito tempo atrás, talvez a gente se afaste cada vez mais da nossa cultura e, consequentemente, da nossa própria história. Em tempos como o que estamos vivendo, é preciso ler sobre os índios, é preciso ler sobre sua luta, sua história, sua tradição e, com alegria digo que editoras como a Peirópolis estão dispostas a não deixar nossa memória morrer (queria que não deixássemos a floresta também) e trouxeram essa adaptação de um pedacinho de quem somos pelas mãos do recifense Silvino. Dar vida depois de tanto tempo a um clássico não é fácil, mas a edição cumpre com maestria o propósito. Hoje lendo a HQ me encontrei não só com os autores, mas com um Brasil habitado por seus verdadeiros moradores, que com muita determinação ainda lutam para manter nosso país, o verdadeiro Brasil, vivo! Destaque para o último quadrinho dessa HQ, mais atual, infelizmente, impossível. ⠀ 🤷🏻‍♀️ E você, já leu esse livro? Vem me contar sua opinião, vem! ⠀ 📚 “Parece-me encanto que quem chorou tanto, tivesse a coragem que tinha Tupi.” ⠀ #encontrodeleitores #dicasdeleitura #resenhas #resenhasliterárias #livros #ler #lendo #leitores #literatura #leitura #lido #leituradavez #instalivros #instabooks #bookstagram #ijucapirama #peiropolis #gonçalvesdias #literaturabrasileira
  • 📖📝 #dicasdoencontro {I-Juca Pirama de Gonçalves Dias por Silvino} @peiropolis ⠀ ✍🏼 Uma cultura com regras rígidas de conduta. Um conceito de honra a sustentar. Um ritual a cumprir. O fogo. Os tambores. A floresta. O inimigo. A memória. O julgamento. A superação. I-Juca Pirama é um poema de 1851 que contém tudo isso. Um grande clássico do romantismo brasileiro em quadrinhos certeiros de Laerte Silvino. ⠀ 🙋🏻‍♀️ Talvez a gente não tenha o costume de ler os clássicos, talvez a gente não leia os autores brasileiros de muito tempo atrás, talvez a gente se afaste cada vez mais da nossa cultura e, consequentemente, da nossa própria história. Em tempos como o que estamos vivendo, é preciso ler sobre os índios, é preciso ler sobre sua luta, sua história, sua tradição e, com alegria digo que editoras como a Peirópolis estão dispostas a não deixar nossa memória morrer (queria que não deixássemos a floresta também) e trouxeram essa adaptação de um pedacinho de quem somos pelas mãos do recifense Silvino. Dar vida depois de tanto tempo a um clássico não é fácil, mas a edição cumpre com maestria o propósito. Hoje lendo a HQ me encontrei não só com os autores, mas com um Brasil habitado por seus verdadeiros moradores, que com muita determinação ainda lutam para manter nosso país, o verdadeiro Brasil, vivo! Destaque para o último quadrinho dessa HQ, mais atual, infelizmente, impossível. ⠀ 🤷🏻‍♀️ E você, já leu esse livro? Vem me contar sua opinião, vem! ⠀ 📚 “Parece-me encanto que quem chorou tanto, tivesse a coragem que tinha Tupi.” ⠀ #encontrodeleitores #dicasdeleitura #resenhas #resenhasliterárias #livros #ler #lendo #leitores #literatura #leitura #lido #leituradavez #instalivros #instabooks #bookstagram #ijucapirama #peiropolis #gonçalvesdias #literaturabrasileira
  • 21 0
  • autora.evymaciel - Evy Maciel - Autora @autora.evymaciel 44 minutes ago
  • Agora sim! Meus horários oficiais em eventos da Bienal 2019 ♥! Mas, como as meninas da @heybitchesbr disseram, eu não me importo de ser parada nos corredores! Portanto, se você me encontrar em qualquer cantinho da Bienal, não precisa ficar com vergonha, venha me dar um oizinho e um abraço 😍💕! E aí, nos vemos lá?
⠀ Agora sim! Meus horários oficiais em eventos da Bienal 2019 ♥! Mas, como as meninas da @heybitchesbr disseram, eu não me importo de ser parada nos corredores! Portanto, se você me encontrar em qualquer cantinho da Bienal, não precisa ficar com vergonha, venha me dar um oizinho e um abraço 😍💕! E aí, nos vemos lá? ⠀
  • Agora sim! Meus horários oficiais em eventos da Bienal 2019 ♥! Mas, como as meninas da @heybitchesbr disseram, eu não me importo de ser parada nos corredores! Portanto, se você me encontrar em qualquer cantinho da Bienal, não precisa ficar com vergonha, venha me dar um oizinho e um abraço 😍💕! E aí, nos vemos lá? ⠀
  • 10 4
  • caliboreaz - calí boreaz ʾ 𝚙𝚘𝚎𝚜𝚒𝚊 @caliboreaz 1 hour ago
  • . “é um livro que vai ficar" — na #resenha ao outono azul a sul no @letrasinverso, por Tiago D. Oliveira, escritor e professor brasileiro, 21 ago. 2019. : ) agradeço por este lento olhar:
⠀
"A GEOGRAFIA DO POEMA [trechos]
[...] Dividido em três capítulos: "poemas caindo", "intervalo a norte" e "o relento de dentro", somados a um prólogo e epílogo poéticos e também a um posfácio, por João Almino, que apresenta enquanto tece suas considerações analíticas. A orelha é da escritora portuguesa Ana Teresa Pereira e dos escritores brasileiros Paula Fábrio e Francisco Azevedo. O projeto se desenha com certa preocupação e planejamento, a escrita não acontece somente pelo encanto dos versos e seu mergulho, há uma estrutura séria que norteia o livro.
⠀
A leitura dos poemas traz imagens saudosas que transportam, enquanto os olhos vacilam entre um verso e outro, para um lugar vivido, rememorado, mas ao mesmo tempo servem como um trampolim para uma busca que talvez localize o sentido da escrita – "o que seria de mim / sem a taquicardia sul-americana" ("o som cinza", p.19) –, o deslocamento como ferramenta de descoberta e amadurecimento para a produção literária cabe aqui como uma luneta para a lua, as descobertas, sob os versos, acontecem e são constatadas dentro de uma poética do palmilhar.
⠀
[...] A geografia insiste e transborda no livro de calí, o que faz com que os poemas sejam como passeios por um Rio de Janeiro reinventado por um olhar português, metáfora bem mais amistosa que abraça-nos pelos encantos, mas também pela constante sensação de que uma cidade apenas não é o suficiente para limitar o afeto, a chance de se reinventar dentro desse olhar – "estou aqui. não sou de nenhum lugar / sou de todos os seres que amei e amo e amarei" ("o violão intocado", p.33).
⠀
[...] Os versos de calí boreaz permeiam entre a saudade e o ar da praia que entra pela janela. As imagens que são construídas poderiam ser minha ou sua muito facilmente, uma das constatações de que a boa literatura acontece enquanto nos afeiçoamos aos poemas que são somados nas páginas do livro. outono azul a sul [@editoraurutau] é um livro que vai ficar."
.
.
.
+ críticas \ encomendar:
—> caliboreaz.com . “é um livro que vai ficar" — na #resenha ao outono azul a sul no @letrasinverso, por Tiago D. Oliveira, escritor e professor brasileiro, 21 ago. 2019. : ) agradeço por este lento olhar: ⠀ "A GEOGRAFIA DO POEMA [trechos] [...] Dividido em três capítulos: "poemas caindo", "intervalo a norte" e "o relento de dentro", somados a um prólogo e epílogo poéticos e também a um posfácio, por João Almino, que apresenta enquanto tece suas considerações analíticas. A orelha é da escritora portuguesa Ana Teresa Pereira e dos escritores brasileiros Paula Fábrio e Francisco Azevedo. O projeto se desenha com certa preocupação e planejamento, a escrita não acontece somente pelo encanto dos versos e seu mergulho, há uma estrutura séria que norteia o livro. ⠀ A leitura dos poemas traz imagens saudosas que transportam, enquanto os olhos vacilam entre um verso e outro, para um lugar vivido, rememorado, mas ao mesmo tempo servem como um trampolim para uma busca que talvez localize o sentido da escrita – "o que seria de mim / sem a taquicardia sul-americana" ("o som cinza", p.19) –, o deslocamento como ferramenta de descoberta e amadurecimento para a produção literária cabe aqui como uma luneta para a lua, as descobertas, sob os versos, acontecem e são constatadas dentro de uma poética do palmilhar. ⠀ [...] A geografia insiste e transborda no livro de calí, o que faz com que os poemas sejam como passeios por um Rio de Janeiro reinventado por um olhar português, metáfora bem mais amistosa que abraça-nos pelos encantos, mas também pela constante sensação de que uma cidade apenas não é o suficiente para limitar o afeto, a chance de se reinventar dentro desse olhar – "estou aqui. não sou de nenhum lugar / sou de todos os seres que amei e amo e amarei" ("o violão intocado", p.33). ⠀ [...] Os versos de calí boreaz permeiam entre a saudade e o ar da praia que entra pela janela. As imagens que são construídas poderiam ser minha ou sua muito facilmente, uma das constatações de que a boa literatura acontece enquanto nos afeiçoamos aos poemas que são somados nas páginas do livro. outono azul a sul [@editoraurutau] é um livro que vai ficar." . . . + críticas \ encomendar: —> caliboreaz.com
  • . “é um livro que vai ficar" — na #resenha ao outono azul a sul no @letrasinverso, por Tiago D. Oliveira, escritor e professor brasileiro, 21 ago. 2019. : ) agradeço por este lento olhar: ⠀ "A GEOGRAFIA DO POEMA [trechos] [...] Dividido em três capítulos: "poemas caindo", "intervalo a norte" e "o relento de dentro", somados a um prólogo e epílogo poéticos e também a um posfácio, por João Almino, que apresenta enquanto tece suas considerações analíticas. A orelha é da escritora portuguesa Ana Teresa Pereira e dos escritores brasileiros Paula Fábrio e Francisco Azevedo. O projeto se desenha com certa preocupação e planejamento, a escrita não acontece somente pelo encanto dos versos e seu mergulho, há uma estrutura séria que norteia o livro. ⠀ A leitura dos poemas traz imagens saudosas que transportam, enquanto os olhos vacilam entre um verso e outro, para um lugar vivido, rememorado, mas ao mesmo tempo servem como um trampolim para uma busca que talvez localize o sentido da escrita – "o que seria de mim / sem a taquicardia sul-americana" ("o som cinza", p.19) –, o deslocamento como ferramenta de descoberta e amadurecimento para a produção literária cabe aqui como uma luneta para a lua, as descobertas, sob os versos, acontecem e são constatadas dentro de uma poética do palmilhar. ⠀ [...] A geografia insiste e transborda no livro de calí, o que faz com que os poemas sejam como passeios por um Rio de Janeiro reinventado por um olhar português, metáfora bem mais amistosa que abraça-nos pelos encantos, mas também pela constante sensação de que uma cidade apenas não é o suficiente para limitar o afeto, a chance de se reinventar dentro desse olhar – "estou aqui. não sou de nenhum lugar / sou de todos os seres que amei e amo e amarei" ("o violão intocado", p.33). ⠀ [...] Os versos de calí boreaz permeiam entre a saudade e o ar da praia que entra pela janela. As imagens que são construídas poderiam ser minha ou sua muito facilmente, uma das constatações de que a boa literatura acontece enquanto nos afeiçoamos aos poemas que são somados nas páginas do livro. outono azul a sul [@editoraurutau] é um livro que vai ficar." . . . + críticas \ encomendar: —> caliboreaz.com
  • 38 2
  • bruno_blackk - Bruno Black @bruno_blackk 1 hour ago
  • @redeglobosat @opec.tvriosul #Mambucaba #festa #literaturabrasileira 
Tour Costa Verde 2019 - Bruno Black na FLIM (Festa Literária de Mambucaba) 
Tv Rio Sul - Filiada a Rede Globo. 
Jornalista: Maria Mariana.

Quero agradecer muito ao grande Cagerio de Souza pela oportunidade participar dessa feira.

Falei sobre Xexelento da Peri que será aqui no dia 26, sobre meu livro Poético, novo livro na Bienal Se tens um dom,seja e até de novos projetos pra 2020. Mas não sei o que vai pro ar.

Se tens um dom,seja!

Saiba mais sobre alguns dos meus projetos:

Sobre o autor:
https://www.facebook.com/Brunooblack/

Programa de Tv: 
https://www.facebook.com/xexelentodaperi/

Oficina Literária de dons:
https://www.facebook.com/Sejaseudom/

Projeto literário: 
https://www.facebook.com/setensundomseja/

#Ficadeolho! @redeglobosat @opec.tvriosul #mambucaba #festa #literaturabrasileira Tour Costa Verde 2019 - Bruno Black na FLIM (Festa Literária de Mambucaba) Tv Rio Sul - Filiada a Rede Globo. Jornalista: Maria Mariana. Quero agradecer muito ao grande Cagerio de Souza pela oportunidade participar dessa feira. Falei sobre Xexelento da Peri que será aqui no dia 26, sobre meu livro Poético, novo livro na Bienal Se tens um dom,seja e até de novos projetos pra 2020. Mas não sei o que vai pro ar. Se tens um dom,seja! Saiba mais sobre alguns dos meus projetos: Sobre o autor: https://www.facebook.com/Brunooblack/ Programa de Tv: https://www.facebook.com/xexelentodaperi/ Oficina Literária de dons: https://www.facebook.com/Sejaseudom/ Projeto literário: https://www.facebook.com/setensundomseja/ #ficadeolho!
  • @redeglobosat @opec.tvriosul #mambucaba #festa #literaturabrasileira Tour Costa Verde 2019 - Bruno Black na FLIM (Festa Literária de Mambucaba) Tv Rio Sul - Filiada a Rede Globo. Jornalista: Maria Mariana. Quero agradecer muito ao grande Cagerio de Souza pela oportunidade participar dessa feira. Falei sobre Xexelento da Peri que será aqui no dia 26, sobre meu livro Poético, novo livro na Bienal Se tens um dom,seja e até de novos projetos pra 2020. Mas não sei o que vai pro ar. Se tens um dom,seja! Saiba mais sobre alguns dos meus projetos: Sobre o autor: https://www.facebook.com/Brunooblack/ Programa de Tv: https://www.facebook.com/xexelentodaperi/ Oficina Literária de dons: https://www.facebook.com/Sejaseudom/ Projeto literário: https://www.facebook.com/setensundomseja/ #ficadeolho!
  • 1 0
  • cd.classicdivulgacoesoficial - CD_ClassicDivulgaçõesOficial @cd.classicdivulgacoesoficial 1 hour ago
  • #Repost @cicidivulgacoes
• • • • •
Resenha feita para minha cliente @lucianaklanovicz ❤
#Repost @cicicassi
• • • • • •
🍁Trago a vocês uma resenha de um conto delicioso, o primeiro da série "Mulheres & Canções", que narra uma história de amor baseada na música popular brasileira "Um beijo meu" de Hebert Vianna, interpretada por Zizi Possi. 🍁O romance começa quando Carolina é dispensada, da pior forma, pelo homem que amava. Por essa razão, abandona tudo e todos para viver isolada em sua dor. 🍁Mas numa dessas viagens de fuga, conhece Claudio e encontra ali um amor que não imaginava que poderia encontrar depois de tudo. 🍁É uma leitura envolvente, lírica, apaixonante, viciante e maravilhosa. 🍁Não é o meu primeiro contato com a autora, mas admito que esse me conquistou em cheio. Até agora esse é meu preferido entre suas lindas obras. 🍁Estou apaixonada pelo Claudio; um protagonista amoroso, carinhoso, respeitador, intenso e lindo. A maneira que ele foi quebrando as barreiras de Carolina, impostas pela dor, foi incrível. 🍁Ela descobriu que o amor pode ser leve, límpido e feliz. Sem aquela tensão absurda, sofrimentos constantes e descaso do parceiro. 🍁Bom, nem preciso dizer que amei! 😁 🍁Leiam e desfrutem de um romance curto maravilhoso e fofo. 🥰 🍁Ele está disponível no kindle unlimited para vocês lerem gratuitamente!

#resenhacicicassi #vicioemleitura #resenhaliteraria #resenhas #conto #contonacional #literaturabrasileira #autoranacional #autoraindicaautora #amazonkindle #kindleunlimited #mulheresecancoes #seriedecontos #romancenacional #repost @cicidivulgacoes • • • • • Resenha feita para minha cliente @lucianaklanovicz#repost @cicicassi • • • • • • 🍁Trago a vocês uma resenha de um conto delicioso, o primeiro da série "Mulheres & Canções", que narra uma história de amor baseada na música popular brasileira "Um beijo meu" de Hebert Vianna, interpretada por Zizi Possi. 🍁O romance começa quando Carolina é dispensada, da pior forma, pelo homem que amava. Por essa razão, abandona tudo e todos para viver isolada em sua dor. 🍁Mas numa dessas viagens de fuga, conhece Claudio e encontra ali um amor que não imaginava que poderia encontrar depois de tudo. 🍁É uma leitura envolvente, lírica, apaixonante, viciante e maravilhosa. 🍁Não é o meu primeiro contato com a autora, mas admito que esse me conquistou em cheio. Até agora esse é meu preferido entre suas lindas obras. 🍁Estou apaixonada pelo Claudio; um protagonista amoroso, carinhoso, respeitador, intenso e lindo. A maneira que ele foi quebrando as barreiras de Carolina, impostas pela dor, foi incrível. 🍁Ela descobriu que o amor pode ser leve, límpido e feliz. Sem aquela tensão absurda, sofrimentos constantes e descaso do parceiro. 🍁Bom, nem preciso dizer que amei! 😁 🍁Leiam e desfrutem de um romance curto maravilhoso e fofo. 🥰 🍁Ele está disponível no kindle unlimited para vocês lerem gratuitamente! #resenhacicicassi #vicioemleitura #resenhaliteraria #resenhas #conto #contonacional #literaturabrasileira #autoranacional #autoraindicaautora #amazonkindle #kindleunlimited #mulheresecancoes #seriedecontos #romancenacional
  • #repost @cicidivulgacoes • • • • • Resenha feita para minha cliente @lucianaklanovicz#repost @cicicassi • • • • • • 🍁Trago a vocês uma resenha de um conto delicioso, o primeiro da série "Mulheres & Canções", que narra uma história de amor baseada na música popular brasileira "Um beijo meu" de Hebert Vianna, interpretada por Zizi Possi. 🍁O romance começa quando Carolina é dispensada, da pior forma, pelo homem que amava. Por essa razão, abandona tudo e todos para viver isolada em sua dor. 🍁Mas numa dessas viagens de fuga, conhece Claudio e encontra ali um amor que não imaginava que poderia encontrar depois de tudo. 🍁É uma leitura envolvente, lírica, apaixonante, viciante e maravilhosa. 🍁Não é o meu primeiro contato com a autora, mas admito que esse me conquistou em cheio. Até agora esse é meu preferido entre suas lindas obras. 🍁Estou apaixonada pelo Claudio; um protagonista amoroso, carinhoso, respeitador, intenso e lindo. A maneira que ele foi quebrando as barreiras de Carolina, impostas pela dor, foi incrível. 🍁Ela descobriu que o amor pode ser leve, límpido e feliz. Sem aquela tensão absurda, sofrimentos constantes e descaso do parceiro. 🍁Bom, nem preciso dizer que amei! 😁 🍁Leiam e desfrutem de um romance curto maravilhoso e fofo. 🥰 🍁Ele está disponível no kindle unlimited para vocês lerem gratuitamente! #resenhacicicassi #vicioemleitura #resenhaliteraria #resenhas #conto #contonacional #literaturabrasileira #autoranacional #autoraindicaautora #amazonkindle #kindleunlimited #mulheresecancoes #seriedecontos #romancenacional
  • 2 2